O que é transtorno mental?
O que é dependência química?

Notícias

Entenda a Psicose

24/10/2017

Psicose é uma patologia que afeta o cérebro fazendo com que a pessoa perca o contato com a realidade e passe a apresentar comportamento antissocial. Existem vários tipos de psicoses ou transtornos psicóticos, sendo a esquizofrenia e o transtorno bipolar os mais conhecidos.

As psicoses costumam ocorrer com mais frequência no final da adolescência e início da vida adulta, geralmente, entre os 17 e 28 anos de idade. Estima-se que três em cada cem pessoas da população terão um episódio psicótico durante a vida.                                     

Os principais sintomas são: pensamentos confusos (muitas vezes as ideias não possuem uma conexão), delírios, alucinações, mudança de sentimentos (geralmente trata-se de uma sensação de isolamento, estranheza e tudo parece se mover em câmera lenta) e podem acontecer mudanças de comportamento também.

As causas desse distúrbio ainda são desconhecidas, mas muitos especialistas afirmam que podem ter relação com fatores sociais, como a vida em grandes cidades ou ainda fatores biológicos e até psicológicos, gerando uma reação em cascata e com isso resultando na psicose.

A psicose pode ser categorizada em três grupos principais: psicose resultante de uma condição mental ou psicológica, psicose resultante de uma norma sanitária médica geral e psicose resultante do abuso de drogas e álcool. As especialidades médicas que podem diagnosticar uma psicose são: neurologia, psiquiatria e psicologia.

É importante que o paciente siga corretamente as orientações médicas, pois o tratamento depende da causa e do tipo de psicose. Em alguns casos, a internação hospitalar é necessária para que não haja riscos à segurança do paciente. Alguns medicamentos antipsicóticos podem auxiliar no controle de sintomas, como alucinações e delírios. Os medicamentos podem ajudar, também, a estabilizar os padrões de comportamento e pensamento da pessoa.

Além disso, é recomendado que não haja interrupção no uso do medicamento sem a orientação de um médico. O acompanhamento de um psicólogo ou psiquiatra é necessário não só para o paciente como para a família. Em vários casos, a causa da psicose consegue ser revertida e o paciente consegue se recuperar sem depender mais de antipsicóticos. 

E-book Gratuito

Quer mais informações sobre dependência química ou transtorno mental? Cadastre-se e receba nosso e-book completo sobre o assunto.