INTERNAÇÕES 24H 11 4788-190211 4788-191511 4788-1900 INTERNAÇÕES 24H - Whatsapp 11 97605-6065 | 11 97334-9861 11 98601-3664 | 11 98601-4247 11 98791-2243 | 11 98601-3410 AGENDAMENTO DE CONSULTAS AGENDAMENTO DE CONSULTAS - 10h às 16h
11 5081-8811
11 98601-3951
SIGA-NOS
Formulário de Contato

Blog

Distúrbios de ansiedade atingem cerca de 18 milhões de brasileiros

A ansiedade é um sentimento comum do ser humano, mas quando é excessiva pode se tornar um distúrbio sério. Pessoas que sofrem dessa condição sentem preocupação e medo extremos, que atrapalham, e muito, as atividades diárias.

Segundo uma pesquisa publicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 18 milhões de brasileiros sofrem com problemas de ansiedade que podem ser categorizados em:

– Transtorno de ansiedade generalizada;

– Síndrome do Pânico;

– Fobia Social;

– Fobias específicas (claustrofobia, aracnofobia, etc)

– Transtorno obsessivo compulsivo (TOC);

– Transtorno de estresse pós-traumático;

– Transtorno fóbico-ansioso;

Causas

Ainda não se sabe por que algumas pessoas são mais propensas à ansiedade do que outras, mas acredita-se que vários fatores podem estar envolvidos:

– Genética: acredita-se que o histórico familiar pode estar associado;

– Ambiental: passar por evento traumático ou estressante;

– Modelo de pensamento: a forma como a pessoa estrutura os pensamentos e encara as situações do dia a dia;

– Doenças físicas: problemas cardiovasculares, respiratórios, doenças hormonais, dores crônicas, abuso de drogas ou álcool;

Sintomas

O transtorno pode causar sintomas psicológicos e físicos. Os mais comuns são:

– Constante tensão e nervosismo;

– Sensação de que algo ruim vai acontecer;

– Problemas de concentração;

– Medo frequente;

– Descontrole sobre os pensamentos;

– Preocupação exagerada;

– Dificuldades para dormir;

– Irritabilidade;

– Dor ou aperto no peito;

– Falta de ar;

– Aumento da sudorese;

– Tremores nas mãos ou outras partes do corpo;

– Sensação de fraqueza;

– Boca seca;

– Náusea;

– Tensão muscular;

Quando pedir ajuda?

A ajuda médica é extremamente importante, principalmente quando a ansiedade exagerada começa a afetar negativamente a qualidade de vida da pessoa, acarretando problemas profissionais e sociais. O distúrbio não desaparece sozinho, muito pelo contrário, se não há orientação médica a tendência é que o quadro piore, por isso o tratamento e suporte médico são imprescindíveis.
« Voltar