INTERNAÇÕES 24H 11 4788-190211 4788-191511 4788-1900 INTERNAÇÕES 24H - Whatsapp 11 97605-6065 | 11 97334-9861 11 98601-3664 | 11 98601-4247 11 98791-2243 | 11 98601-3410 AGENDAMENTO DE CONSULTAS AGENDAMENTO DE CONSULTAS - 10h às 16h
11 5081-8811
11 98601-3951
SIGA-NOS
Formulário de Contato

Blog

Prevista no Código Penal, violência psicológica contra mulher agora é crime!

16 de agosto de 2021


Infelizmente, estima-se que de meia em meia hora alguém sofre violência psicológica ou moral, é o que alerta o Mapa da Violência Contra a Mulher (2018), da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.

Esse abuso emocional traz sérias consequências; pode resultar, por exemplo, em baixa autoestima, estresse intenso, ansiedade, depressão, entre outros transtornos, e até mesmo pensamentos suicidas.
A verdade é que a violência psicológica é tão brutal, cruel, angustiante e dolorosa quanto a física ou mesmo a sexual.

E agora está na lei, é crime!!!
Recentemente, foi sancionada pelo governo federal a Lei 14.188/21 que inclui no Código Penal o crime de violência psicológica contra a mulher, que, de acordo com o texto aprovado, consiste em “causar dano emocional à mulher que a prejudique e perturbe seu pleno desenvolvimento ou que vise a degradar ou a controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, chantagem, ridicularização, limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que cause prejuízo à sua saúde psicológica e autodeterminação".

Se você está passando por isso, busque ajuda, tanto de profissionais da saúde mental, como psicólogo e psiquiatra, quanto das autoridades.
Se preciso, ligue gratuitamente (de todo o Brasil) no 180, na Central de Atendimento à Mulher: esse serviço de utilidade pública é voltado para o enfrentamento à violência contra a mulher, para escuta, orientação e acolhimento. Ele funciona 24h e todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados.

E conte também com a gente, você não está sozinha, estamos aqui para você sempre!


 
« Voltar