INTERNAÇÕES 24H 11 4788-190211 4788-191511 4788-1900 INTERNAÇÕES 24H - Whatsapp 11 97605-6065 | 11 97334-9861 11 98601-3664 | 11 98601-4247 11 98791-2243 | 11 98601-3410 AGENDAMENTO DE CONSULTAS AGENDAMENTO DE CONSULTAS - 10h às 16h
11 5081-8811
11 98601-3951
SIGA-NOS
Formulário de Contato

Blog

Transtorno Bipolar: sintomas e tratamento

30 de março de 2021

Quem sofre com o Transtorno Bipolar, que afeta 140 milhões de pessoas no mundo, possui alterações de humor que se manifestam através de episódios depressivos alternados com episódios de euforia (chamada também de mania), em diversos graus de intensidade.

Diferentemente dos altos e baixos normais do dia a dia, pelos quais muitas vezes passamos, os sintomas do Transtorno Bipolar são intensos, prolongados e bastante danosos.

A frequência e a duração deles podem variar dependendo da intensidade da doença, mas geralmente a fase de euforia persiste de dias a semanas, já o quadro depressivo pode durar por vários meses. Contudo, eles podem ainda ocorrer ao mesmo tempo.

Sinais de alerta da fase depressiva:

- Apatia;
- Baixa autoestima;
- Raciocínio lento;
- Distúrbios no sono e alterações no apetite;
- Esquecimentos;
- Tristeza intensa sem motivo claro;
- Desânimo persistente;
- Cansaço, falta de energia;
- Dificuldade para se concentrar;
- Irritabilidade;
- Pensamentos suicidas.

Sintomas comuns durante o episódio de euforia:

- Agitação, inquietação;
- Impulsividade, a ponto de promover atitudes arriscadas/inadequadas;
- Autoconfiança e autoestima exageradas;
- Falas e pensamentos acelerados;
- Desatenção;
- Energia consideravelmente maior, hiperatividade;
- Explosões de raiva;
- Insônia.

Além disso, alguns pacientes podem apresentar sintomas psicóticos, como alucinações e delírios. Por isso, há casos que podem exigir a internação psiquiátrica devido aos riscos para o paciente.

O diagnóstico correto, o tratamento e acompanhamento contínuo, com psicólogos e psiquiatras qualificados, são fundamentais para a qualidade de vida de quem é atingido por essa doença psiquiátrica crônica, até mesmo para evitar e controlar crises.

Conte sempre com a gente!
 
 
 
« Voltar