INTERNAÇÕES 24H 11 4788-190011 4788-1902 INTERNAÇÕES 24H - Whatsapp 11 98601-4247 | 11 98601-3664
11 98791-2260 | 11 98601-3410
11 98791-2243 | 11 97334-9861
AGENDAMENTO DE CONSULTAS AGENDAMENTO DE CONSULTAS - 10h às 16h
11 5081-8811
11 98601-3951
SIGA-NOS
Formulário de Contato

Blog

Transtorno de Estresse Pós-Traumático

23 de julho


Profissionais alertam para o perigo de uma incidência significativa de Transtorno do Estresse Pós-Traumático (TEPT) em pacientes que tiverem quadros graves de covid-19.
Conduzido pela University College London, na Inglaterra, um grupo de especialistas em traumas ocasionados pela doença (Covid Trauma Response Working Group) revelou uma pesquisa que mostra que 30% dos pacientes que sofreram no passado com enfermidades graves, durante surtos de doenças infecciosas, desenvolveram TEPT. O estudo destacou ainda que depressão e ansiedade também eram comuns.

Essa é realmente uma vivência que pode ser extremamente assustadora, estressante e traumática. Por isso, a longo prazo, o transtorno pode se desenvolver e acarretar alguns sintomas bem sérios que afetam muito a qualidade de vida:

- Reexperiência/revivescência: pesadelos e lembranças do episódio traumático, elas são involuntárias e recorrentes (flashbacks).
- Distanciamento emocional: há uma forte recusa em falar sobre o trauma, atividades antes prazerosas são evitadas e pode haver, inclusive, o uso de bebidas alcoólicas ou drogas para evitar as memórias persistentes.
- Hiperexcitabilidade psíquica: episódios de pânico (coração acelerado, medo de morrer), alterações no sono, tonturas, dificuldade de concentração, estado constante de alerta, irritabilidade e dores de cabeça.
- Sentimentos de impotência, incapacidade, insegurança, desesperança em relação ao futuro, sensação de vazio podem surgir.

Apesar de o risco ser maior em quem vivenciou na pele a covid-19, aquelas pessoas que testemunharam de perto familiares e amigos com o novo coronavírus (sobretudo, se houve óbito) também podem apresentar transtorno do estresse pós-traumático.

Então, se você se identificou com os sinais de alerta citados acima ou se nota esses e outros sintomas em alguém conhecido, busque ajuda o quanto antes.
Lembrando que não é só a covid: se você passou, de maneira geral, por um acontecimento ruim, que mexeu muito com você, fique atento e fale com um profissional.
Mesmo não sendo TEPT, a sua saúde mental pode estar bastante afetada, então procure apoio terapêutico. Estamos aqui por você!
« Voltar